Os etíopes plantaram hoje mais de 220 milhões de árvores, uma iniciativa para combater a desflorestação no país e que, segundo as autoridades locais, estabelece um recorde mundial.

De acordo com a agência noticiosa Associated Press (AP), a iniciativa partiu do primeiro-ministro, Abiy Ahmed, e visa ajudar a restaurar a paisagem do país, que segundo os especialistas, está a ser rapidamente destruída pela desflorestação e pelas alterações climáticas.

A empresa estatal Fana Broadcasting Corporate anunciou que mais de 224 milhões de árvores foram plantadas hoje, o que superou a meta inicial de 200 milhões de árvores plantadas num dia.

O crescimento populacional da Etiópia, a necessidade de mais terras agrícolas, o uso insustentável da floresta e as alterações climáticas são frequentemente referidas como as causas do rápido desmatamento.

Além dos etíopes, várias organizações internacionais e a comunidade empresarial juntaram-se à plantação de árvores, que tem como objetivo ultrapassar o recorde de 66 milhões de árvores plantadas na Índia em 2017.

@ SIC Notícias

foto: Aron Simeneh