Os cavaleiros António Ribeiro Telles, Luís Rouxinol e Rui Fernandes, assim como José Luís Gomes (antigo cabo dos Forcados de Lisboa) acorrentaram-se esta manhã à porta do Campo Pequeno em protesto contra o fecho das praças de toiros.

Recorde-se que hoje abrem a maioria das salas de espectáculos com excepção para as praças de toiros.

Depois da Resolução do Conselho de Ministros, desta sexta-feira, que abriu todas as áreas culturais e salas de espectáculos a partir de 1 de Junho, mas discriminou as praças de toiros, mantendo-as fechadas, o setor taurino decidiu concentrar-se, hoje, junto da Praça do Campo Pequeno, em protesto, com um numero limitado de participantes, devido às restrições da pandemia do Covid 19. 

A concentração realizar-se-à a partir das 18 horas, de acordo com as regras definidas pela DGS e pretende mostrar o repúdio do setor perante a gritante discriminação e censura que o governo cometeu com a tauromaquia. 

A Ministra da Cultura e o Presidente da República irão estar presentes no primeiro concerto pos-covid, às 21h30, no Campo Pequeno, e o setor taurino vai fazer ouvir a sua voz de protesto contra o governo.