Deputados aprovam medida que constava da proposta de Orçamento do Estado para 2020 e que reverte a descida, há cerca de ano, do imposto nos bilhetes para espetáculos tauromáquicos de 13% para 6%.

Este aumento estava previsto na proposta de Orçamento do Estado (OE) para 2020 e já se sabia que a atual configuração parlamentar permitia ao PS aprovar a subida do IVA das touradas.

Foi um retrocesso no Orçamento de Estado anterior, que colocou as entradas para os espetáculos tauromáquicos mais baratos ao descer o IVA para 6%, face aos 13% de taxa intermédia que vigoravam: Na altura registaram-se os votos favoráveis do PSD, CDS e PCP e os votos contra do PS, Bloco de Esquerda e PAN.

Foram, assim, rejeitadas as propostas do Chega, PCP, PSD e CDS-PP para manter o valor na taxa mínima.