Até quinta-feira decorre em Lisboa a Web Summit, a maior conferência de empreendedorismo, tecnologia e inovação da Europa. É a primeira vez que o evento sai da casa-mãe, na Irlanda, para outro país. Os locais escolhidos para acolher as mais de 50 mil pessoas que se esperam na conferência foram a Feira Internacional de Lisboa (FIL) e o MEO Arena, na zona do Parque das Nações.

Paddy Cosgrave, foi o criador deste evento que surgiu em 2010 na Irlanda. Na altura, Paddy conseguiu reunir 400 pessoas da comunidade tecnológica local no Chartered Accountants House, em Dublin. No ano seguinte, triplicou de tamanho e este ano, em Lisboa, a organização espera 53.056 pessoas com entradas para os quatro dias.

Os participantes da Web Summit Lisboa, são empreendedores, investidores, programadores, políticos, empresários, atletas, celebridades, estudantes e voluntários. Segundo dados da agência Lusa, vão estar na FIL e no MEO Arena mais de 7 mil líderes de empresas, 2 mil jornalistas e cerca de 15 mil empresas representadas.

Dos 600 oradores 31 são portugueses. Destaque para a presença de grandes figuras do empreendedorismo a nível mundial como por exemplo, o responsável tecnológico do Facebook, Mike Schroepfer, o presidente da CISCO, John Chambers, o ator Joseph Gordon-Levitt, o músico Ne-Yo, Sean Rad, cofundador do Tinder, Eric Wahlforss, cofundador do SoundCloud, Werner Vogels, responsável tecnológico da Amazon.

Do lado do desporto, marcam presença nomes como Luís Figo, Rui Costa, Bruno de Carvalho, Patrícia Mamona, Tiago Pires, Ronaldinho Gaúcho, Louis Saha, Mathieu Flamini ou Garret McNamara. A nível politico, conta com a presença do primeiro-ministro António Costa, do secretário de Estado da Indústria João Vasconcelos entre outros.

O valor médio de cada entrada para este evento, ronda os 900 euros, mas nos últimos dias rondava os 1200 euros, devido à elevada procura. Há cerca de duas semanas, o Governo lançou uma iniciativa, “Inspire Portugal”, para jovens entre os 16 e os 23 anos, e disponibilizou mais de 6 mil bilhetes a 9 euros cada. Neste momento, segundo a organização os bilhetes já estão esgotados.

Fonte: web summit