“Juanito”: Ser toureiro é o que me apaixona e o que me faz sentir feliz e pleno

João Silva “Juanito” é o mais recente Matador de Toiros Português. Com apenas 19 anos de idade, tomou a Alternativa a 22 de Junho, em Badajoz, das mãos de Antonio Ferrera, com o testemunho de Cayetano Rivera Ordoñez. Cortou uma orelha ao segundo toiro do seu lote, da ganadaria de Victoriano del Rio.

“Juanito” faz dia 23 (sexta-feira) a sua apresentação como Matador de Toiros, no Campo Pequeno, numa corrida com três matadores portugueses e que marca também a apresentação em Lisboa da ganadaria Calejo Pires.

A terna de matadores é constituída por António João Ferreira, Manuel Dias Gomes e João Silva “Juanito”.

Filho do bandarilheiro João Silva, “Juanito”, debutou com picadores a 5 de Março de 2016, em Olivença e apresentou-se em Las Ventas (Madrid) a 7 de Maio de 2017, numa das novilhadas da feira de Santo Isidro. Dias antes da alternativa, toureou em Las Ventas (3 de Junho de 2019).

O novel Matador afirma ter vivido a afición desde que nasceu. “Na minha casa a toda a hora se ‘respirava’ toureio. Desde que tenho uso de razão que quero ser toureiro, é o que me apaixona e o que me faz sentir feliz e pleno”.

Como toureiro, considera que o seu estilo está, naturalmente ainda a evoluir mas, refere: “Tenho passado por várias etapas e continuo a passar por constante evolução no meu toureio e personalidade, baseado no valor e na arte. A entrega é fundamental para emocionar”.

Quanto às expectativas para a corrida de sexta-feira, sabe que irá alternar com “dois grandes matadores de toiros já com alguns anos de alternativa e umas condições e talento para triunfarem. Relativamente à ganadaria, tenho fé na corrida, sei de todo o esforço e da grande categoria que tem e oxalá possa ser uma noite de triunfo para todos.”