Guillermo Hermoso de Mendoza cortou uma orelha na tarde em que confirmou a alternativa na Cidade do México, a maior praça de toiros do Mundo.

O seu pai, Pablo Hermoso, foi aplaudido em duas lides, perdendo os trofeus pelo mau uso do rojão de morte.

Pai e filho deram um recital de toureio templado e com muita classe, numa bonita tarde de toiros em que os rejoneadores espanhóis compartilharam cartel com os matadores mexicanos Arturo Saldívar (que cortou uma orelha ao seu primeiro toiro e foi silenciado no outro, depois de um aviso) e José Maria Hermosillo (silenciado nos dois toiros).

A cavalo lidaram-se três toiros de Los Encinos e um de Bernaldo de Quirós, enquanto que a pé se lidaram quatro de Santa Fé del Campo. A Plaza México registou meia entrada, mais de 20 mil espectadores.

fotos: NTR Toros