Numa altura em que existem muitas dúvidas e poucas certezas sobre a realização de corridas de toiros no Campo Pequeno em 2020, a mais importante praça de toiros de Portugal abriu as suas portas para mais um Dia da Tauromaquia, um evento que ano após ano marca o inicio da temporada na capital.

Este evento organizado pela Protoiro foi muito preenchido com diversas actividades relacionadas com a Festa Brava. Demonstrações de toureio, de pegas, de recortadores, espectáculos equestres, concertos de musica, o lançamento da biografia do matador de toiros Mário Coelho, entre outras ocupações culturais e didácticas. Teve como ponto alto o Festival Taurino, que contou com forte adesão por parte dos aficionados que mostraram a quem tivesse dúvidas a aficion que existe em Lisboa. Esse sim, foi o grande triunfo do Dia da Tauromaquia 2020.

Oxalá, os novos concessionários da Praça do Campo Pequeno tenham a sensibilidade para entender que esta histórica sala de espectáculos da capital, tem na sua génese a realização de corridas de toiros, embora actualmente possa ser utilizada para outros eventos, não se deve evitar a realização de touradas, por mais pressão que haja por parte de lóbis anti-taurinos para por fim à Tauromaquia em Lisboa.

foto: Miguel Alvarenga