Portugal somou a segunda igualdade em outros tantos encontros no Grupo B de qualificação para o Europeu de 2020, ao empatar 1-1 com a Sérvia. Três dias depois do nulo com a Ucrânia, a equipa lusa ainda esteve a perder, por culpa de uma grande penalidade concretizada por Tadic, aos sete minutos, conseguindo chegar à igualdade aos 42′, por Danilo Pereira. Ronaldo saiu lesionado aos 31 minutos.

Com algumas mudanças no onze em relação ao empate frente à Ucrânia – Danilo, Rafa e Dyego Sousa entraram por troca com Rúben Neves, Moutinho e André Silva – Portugal começou a criar perigo logo aos 4 minutos, com William a atirar em excelente posição para o desvio de Spajic, após um momento de grande confusão na área da Sérvia.

No entanto, acabaria por ser a formação sérvia a chegar à vantagem, num penálti convertido por Tadic (7’), a castigar falta de Rui Patrício sobre Gacinovic, lance em que a defesa portuguesa, de resto, facilitou bastante. Foi a segunda vez que o extremo festejou na Luz – já o tinha feito pelo Ajax, frente ao Benfica, na Liga dos Campeões, em novembro do ano passado.

Portugal acabou por chegar à igualdade já perto do intervalo, numa excelente iniciativa de Danilo Pereira. O médio do FC Porto recebeu a bola na zona central, avançou no terreno e disparou um remate colocadíssimo, fixando assim o resultado final da partida.

A seleção nacional volta a entrar em campo em junho para disputar a final da Liga das Nações e no inicio de Setembro vai jogar à Servia para continuar a fase de apuramento para o Euro 2020.

foto: Mário Cruz