O salário mínimo nacional vai aumentar para 580 euros a partir de janeiro de 2018, uma subida de 4,1% definida hoje em reunião de concertação social, que terminou sem acordo.

O Governo propôs uma subida do salário mínimo dos atuais 557 euros para 580, mais 23 euros, o que representa um aumento de 4,1%.

A Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses (CGTP) defendia um aumento do salário mínimo para os 600 euros, mais 43 euros, o que representaria uma subida de 7,7%. A central sindical entendia que os 580 euros propostos pelo Governo de António Costa eram apenas “uma base de partida para chegar aos 600 euros no início de 2018.

fonte: Jornal Económico

foto: DR