Um incêndio de grandes proporções deflagrou esta segunda-feira na catedral de Notre Dame, em Paris, e consumiu dois terços do topo do edifício. Há um bombeiro ferido, em estado grave, avançou a Reuters. O pináculo central e o teto sucumbiram totalmente às chamas, que chegaram a ameaçar a torre norte. Mas as duas torres do edifício foram poupadas das chamas. Os resultados da investigação preliminar dizem que o incêndio foi “acidental”. Emmanuel Macron Presidente da Republica anunciou obras de reconstrução.

O incêndio foi controlado pelos 500 bombeiros às 21h50 de Lisboa, quatro horas depois de terem sido chamados ao local. O fogo consumiu o topo da catedral, que é um dos monumento mais visitados da Europa. De acordo com o porta-voz da catedral, “toda a estrutura” do edifício esteve “debaixo de chamas”: “Tudo está a arder. A estrutura, que data do século XIX de um lado e do XIII do outro, não sobrará nada. Temos que ver se a abóbada, que protege a catedral, sairá intacta ou não”, disse o porta-voz. Mas uma grande parte conseguiu ser salva.

fonte: Observador | foto: DR.