Com cinco alterações em relação ao onze que jogou frente a Andorra (Cédric, José Fonte, William Carvalho, Moutinho e Cristiano Ronaldo entraram nos lugares de Nelson Semedo, Neto, Danilo Pereira, Gelson e Quaresma). A primeira parte foi equilibrada e sem grandes oportunidades de golo, o tento da seleção nacional surgiu aos 42 minutos, num autogolo de Djourou. Após um cruzamento tenso de Eliseu, Sommer, João Mário e Djourou disputaram o lance e a bola acabou por bater no central suíço e entrar na baliza.

Na segunda parte, Portugal entrou melhor e esteve perto de ampliar a vantagem. Cristiano Ronaldo aproveitou um erro da defesa helvética mas o remate saiu por cima. Seria André Silva, aos 57 minutos, a ampliar o marcador, num grande lance da seleção lusa e uma boa assistência de Bernardo Silva.

Seferovic, aos 67 minutos, ainda tentou a sorte mas o remate saiu ao lado e Cristiano Ronaldo, pouco depois e isolado na cara de Sommer, tentou o drible mas não conseguiu passar pelo guarda-redes suíço.

Com esta vitória, Portugal garantiu o apuramento direto ao Mundial 2018, na Rússia. Já a Suíça, terá de ir ao play-off.

fonte e foto. Jornal de Notícias e Diário de Noticias