A uma semana de tourear em Lisboa, Pablo Hermoso de Mendoza cortou 4 orelhas em Jerez de la Frontera e saiu em ombros juntamente com o seu filho Guillermo (que foi ovacionado no primeiro do seu lote e cortou 2 orelhas ao segundo novilho que lidou) e Fermin Bohorquez, que reapareceu por um dia na condição de rejoneador e ganadero.

Destaque para a estreia de um cavalo novo, na quadra do rejoneador de Navarra, de nome “Extreño” que toureou de forma muito templada e realizou uns ladeios magníficos diante do segundo toiro da corrida.

Guillermo Hermoso também esteve inspirado, em especial no segundo novilho do seu lote. A passos largos este jovem rejoneador, vem afirmando-se um nome maior na arte do rejoneio. Brindou um dos seus toiros ao seu bandarilheiro José Franco “Grenho”, que recentemente perdeu a visão de uma vista, durante um treino, realizado em terras mexicanas.

Apesar do grave acidente ,”Grenho” quer continuar a tourear às ordens da familia Hermoso de Mendoza. São atitudes destas, que fazem do bandarilheiro português ser figura, entre os que vestem de prata.

Pablo Hermoso está preparadíssimo e super motivado, para o tão desejado regresso ao Campo Pequeno, onde na proxima quinta-feira dia 17 de Maio, vai compartir cartel com António Ribeiro Telles e João Moura Caetano, numa corrida que conta com a participação dos forcados de Lisboa e Coruche. Os toiros vão pertencer à ganadaria Ribeiro Telles.