A tauromaquia está de luto, morreu o forcado Pedro Primo. O jovem elemento dos Amadores de Cuba, tinha 25 anos, e sofreu vários ferimentos na região hepática após realizar três tentativas de caras a um toiro do Eng. Jorge de Carvalho. O acidente ocorreu no passado sábado, na praça de toiros da localidade alentejana de Cuba (Beja).

Pedro Primo, que se despedia das arenas nesta corrida, foi rapidamente assistido pela equipa médica presente no local e foi transportado para o Hospital de Beja. Sendo posteriormente, transferido para o Hospital Curry Cabral, em Lisboa, onde veio a falecer.

A corrida de toiros realizada em Cuba, foi um concurso de ganadarias, que contou com a presença dos os cavaleiros Luís Rouxinol, António Maria Brito Paes e Francisco Palha, estando as pegas a cargo dos grupos de forcados de Bencatel, Cuba e Riachos.

Nesta tarde lidaram-se toiros das ganadarias de António Silva, Fernandes de Castro, Brito Paes, Jorge de Carvalho, Cunhal Patrício e José Luís Sommer D´Andrade.

Os nossos sentidos pêsames para toda a sua Família, para o Grupo de Forcados Amadores da Cuba e seus elementos.

foto: Vítor Besugo