Morreu Duarte Chaparreiro conhecido no meio taurino como “o fotógrafo dos forcados”, tal era a sua aficion à arte de pegar toiros.

Na década de 70, o atual colaborador da revista “Novo Burladero” onde tinha uma rubrica intitulada “Fotografias com História do Chaparreiro”, foi levado para o mundo da tauromaquia pelo seu grande amigo Rui Souto Barreiros, na altura cabo dos Amadores do Ribatejo.

Numa das diversas digressões deste grupo a França, Chaparreiro vestiu a jaqueta dos Amadores do Ribatejo foi dar uma terceira ajuda, naquele que possivelmente terá sido um dos dias mais importantes da vida de “Chapa”, como era carinhosamente tratado pelos amigos mais próximos no meio taurino.

Chaparreiro esteve durante muitos anos ligado profissionalmente à área da publicidade, onde exerceu as funções de desenhador em diversas agências da especialidade nos anos 70.

Pessoa de fino trato e sempre com uma palavra amiga e um sorriso na cara. Foi uma honra partilhar a trincheira com ele em diversas ocasiões.

Tinha 63 anos, era natural de Almeirim e faleceu no Hospital de Santarém, vitima de doença prolongada.

Paz à sua alma.

foto: DR