Depois dos forcados de São Manços e de Montemor, foi a vez do Aposento da Chamusca brilhar em terras mexicanas, mais concretamente em Mérida. O grupo liderado por Pedro Coelho dos Reis realizou 3 pegas à primeira tentativa por intermédio de Francisco Andrade, Francisco Montoya e João Saraiva.

Nesta corrida de rejoneo atuaram os rejoneadores David Cesa (ovação e orelha), Diego Ventura (ovação e orelha), Horácio Casas (silenciado no seu lote) e Santiago Zendejas (orelha e silencio). Lidaram-se toiros de rancho Seco e José Julián Llaguno.

Os forcados do Aposento da Chamusca terminaram a sua digressão em terras mexicanas, na praça de Mérida onde tinham atuado a 1 de janeiro. Desta vez foram caras Francisco Montoya, ao primeiro intento e o cabo Pedro Coelho dos Reis pegou à terceira tentativa.

Os rapazes da Chamusca pegaram ontem os dois toiros da ganadaria La Antigua lidados por Diego Ventura (orelha e ovação) na corrida mista comemorativa do 447º aniversário da cidade.

O restante cartel foi composto Luís David Adame (orelha, volta e duas orelhas no toiro de regalo) e Ángel Lizama “El Papo” (silêncio e colhida). No toureio a pé lidaram-se toiros da ganadaria Julián Handam. Roberto Gómez Valladares “El Zorrillo” (ovação), lidou um novilho da da ganadaria de Manolo Martínez oferecido por Diego Ventura.

fotos: Aposento da Chamusca